Seguidores

terça-feira, 13 de junho de 2017

Delegado Chico Palha

"Delegado Chico Palha,
Sem alma, sem coração,
Não quer samba nem curimba,
Na sua jurisdição.

Ele não prendia,
Só batia.

Era um homem muito forte,
Com um gênio violento,
Acabava a festa a pau,
Ainda quebrava os instrumentos.

Ele não prendia,
Só batia.

Os Malandros da Portela,
Da Serrinha e da Congonha,
Pra ele eram vagabundos,
E as mulheres sem-vergonhas.

Ele não prendia,
Só batia.

A curimba ganhou terreiro,
O samba ganhou escola,
Ele expulso da polícia,
Vivia pedindo esmola."

(Zeca Pagodinho)


(Bezerra da Silva)

Curiosidades :

Portela é uma escola de Samba muito conhecida no Rj, a escola do coração do Zeca.
Serrinha e Congonha são comunidades próximas a Madureira (RJ).
Historicamente, o samba, os cultos aos Orixás (Umbanda e Candomblé), o Caxambu, a Capoeira, aconteciam principalmente em Morros, tanto no Morro com no "asfalto" foram muito julgadas, sofreram grande preconceito, como praticamente tudo da cultura negra. A policia e outros órgãos realmente prendiam pessoas, humilhavam, reclamavam, faziam um pandemônio, demorou muito para os direitos das pessoas serem respeitados.

A música é atual e apesar de não fazer parte do repertório umbandista, quis cita - la, para mostrar como algumas de nossas entidades sofreram preconceito, tal qual sofremos ainda hoje.


Roda de samba num morro do Rio de Janeiro, no ano de 1936.
Datado em 14 de maio de 1936, autoria desconhecida,
Fonte: O Malho, ed. 154, ano 35, p. 31 de 14/5/1936
onselectstart='return false'