Seguidores

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Malandrinha da Estrada


Olá amigos, irmãos de axé hoje venho atender o pedido muito especial de algumas seguidoras da página, que me pediram uma postagem em homenagem a linda Malandrinha da Estrada, com carinho, humildade e fé, irei dividir com vocês o pouco que sei sobre essa linda entidade.

Malandrinha da Estrada é um nome espiritual atribuído a espíritos que tiveram desencarnes com tenra idade, espíritos que morreram jovens, mas também foram acolhidos e preparados para o trabalho espiritual. As Malandras com designação de Malandrinha tem a mesma importância que Malandras com esse termo, a nomenclatura é sempre para apontar que estes espíritos são muito novos, são moças, meninas, jovens mulheres que aceitaram trabalhar junto de suas médiuns, promovendo o bem, o amor e acima de tudo a caridade. Gostam muito de trabalhar para questões amorosas, pois não suportam verem mulheres sofrendo, principalmente suas médiuns, trazem muita feminilidade, vaidade, um grande carisma e charme, não há quem não se encante com elas. Sempre amáveis, não é ´por serem novas que deixam de cobrarem suas coisas, ou cobrar seriedade nos trabalhos, não são forçadamente exigentes, mas gostam de suas coisas arrumadas, perfumadas e serem bem tratadas. Se são menosprezadas pelo fato de serem novas, ou se veem humilhações as suas médiuns, logo partem para grande defesa. Tem um grande carinho por Maria Navalha da Estrada (Sub - Chefe), por Malandra da Estrada e seu Zé Pelintra da Estrada, costumam ser "apadrinhadas" por eles, para executar os serviços espirituais com maestria. Normalmente suas vidas encarnadas tem últimas trajetórias aqui no Rio de Janeiro, mas nada impede que tenham vindo de outros estados, são ligadas a Malandragem carioca, aos seus fundamentos, costumes e tradições. Sua principal manifestação popular é o samba, o samba de roda, muito na raiz de suas alegrias e amores. Gostam de sambar logo quando chegam, encantando a todos com seu gingado, beleza e habilidade.

Características:

Cores: Vermelho, branco e raramente preto, mas podem usar outras cores.

Indumentária: Usam mais saias do que calças, mas nada impede que peçam calças.
Gostam de chapéus de qualidade e muito trato com suas coisas, que devem sempre estar separadas, organizadas e cuidadas.
Podem usar blusa listrada branca e vermelha (opcional).

Bebidas: Podem beber quase qualquer coisa, mas sua preferencia é a cerveja branca.

Comidas: Gostam de pratos arrumados, comidas enfeitadas, com capricho e carinho. Fazem bom gosto do salame e linguiça calabresa.

Fumo: Gostam de filtro branco e filtro vermelho.

Fundamentos: Samba de roda, cigarro, velas vermelhas, dado vermelho, dado colorido, baralhos, naipe de copas, naipe de ouros, perfumes, flores (rosas), pimentas (principalmente dedo de moça), saias com roda, punhais.

Espero que vocês tenham gostado !

Axé e Salve a Malandrinha da Estrada.

Imagem da Loja Arte Esotérica.

onselectstart='return false'