Seguidores

domingo, 7 de maio de 2017

Edição - Falanges de Malandras - Falange Estrada

As Malandras (ou Malandrinhas) da Estrada normalmente se parecem com as Malandras do Cabaré, são vaidosas, belas, gostam se estar sempre arrumadas e elegantes. As da Estrada gostam muito de suas médiuns, são amigas dos médiuns e muito simpáticas com os consulentes, entretanto, se houver qualquer ameaça aos seus "aparelhos", elas os defendem como leoas, sendo capazes de utilizar suas armas no astral, sejam facas, navalhas ou outras lâminas, tendo preferência por punhais. Trabalham para questões financeiras, embaraços, demandas, bloqueios de pensamentos negativos, más condições emocionais e o principal : Assuntos amorosos, esse é o ponto principal de suas consultas, obviamente não são todas iguais, mas a grande maioria gosta de ajudar as pessoas com dificuldades emocionais e entraves de sentimentos. Seu principal e grande fundamento reside no naipe de copas, são chefiadas por Maria Navalha da Estrada, mas sempre atuam junto á outros Malandros, seja o Malandro da Estrada, Zé Pelintra da Estrada, Malandrinho da Estrada, ás vezes contam com o apoio das Malandras das Rosas para fortalecer os trabalhos. Não gostam de injustiças, ofensas ou maltrato a quem quer que seja, pois como sempre eles dizem, todos sofreram. São muito ágeis, inteligentes e finas, sua presença no terreiro tem alegria, gentileza e muita graciosidade. Por isso, salve elas !

Salve as Damas da Boêmia, as Gatunas da noite, as senhoras do amor ! Salve as Malandras da Estrada !


Características :
Indumentária : Saia estampada, saia branca, saia vermelha. Algumas utilizam calças, mas é raro, quando o fazem, é por virem acompanhadas da falange de Navalha, exemplo: Maria Navalha da Estrada (Ela costuma utilizar calça).
Bebidas: Batidas, cerveja branca, martini, licor, raramente champanhe ou cachaça.
Fumo: Filtro vermelho, filtro branco, adoram cigarros de sabor, quando pedem aos médiuns dizem: "Gosto de cigarro doce."

Parte dos Fundamentos: Perfumes, Rosas (flores), pimentas, lenços, piteiras, saia com roda, baralhos e chapéus de boa qualidade, dados, punhais e muitas outras coisas que não tenho permissão para ensinar aqui.

Muito Axé das Malandras da Estrada para todos nós. Caminhos Abertos e Salve a Malandragem !

onselectstart='return false'