Seguidores

quinta-feira, 20 de julho de 2017

As faces de Maria: A Baiana Maria Navalha :


Olá amigos seguidores, hoje vou escrever sobre uma face pouco conhecida de Maria Navalha, a sua forma de trabalho na Linha dos Baianos (Nordestinos) da Umbanda Sagrada. Essa face de atuação, é muito mais comum em São Paulo, devido a grande difusão dessa linha na Umbanda "Paulista", a Maria Navalha baiana é completamente regionalista, ou seja, ela é muito mais ligada aos costumes nordestinos do que ao arquétipo Malandragem comumente projetado no RJ. A Baiana Maria Navalha tem grande ligação com os retirantes, os sertanejos, os violeiros, principalmente as parteiras, ela em si tem ligação com o cuidado a família, como boa mulher nordestina, defende seus médiuns, sua família e é pra lá de arretada. Gosta muito de cuidar de crianças, mulheres e dos menos favorecidos, teve vida difícil, sempre tendo uma palavra de esperança e superação como as entidades de luz da umbanda.

Características:

O que é mais importante falarmos é que suas nuances e preferências, condizem com baianos, não necessariamente com malandras, pombagiras ou mestras catimbozeiras.
Gosta de coquinho, cachaça, cachaça com mel (pinga com melado/meladinha), fumo de palha (cigarro de palha), fumo de rolo, cigarro de filtro branco, panos de cabeça (torço/ojá), lenços, chapéus de palha ou o mais simples possível, saias com roda, coco seco, argolas, pulseiras, colares, punhais, peixeiras (facas/apenas no astral/ raramente na mão de médiuns), dendê, comidas nordestinas (principalmente a farofa).

Algumas das Falanges de Maria Navalha na Linha de Baianos:

Maria Navalha de Alagoas, Maria Navalha do Maranhão, Maria Navalha do Sertão de Pernambuco, Maria Navalha do Recife, Maria Navalha do Sertão do Piaui, Maria Navalha da Paraíba, Maria Navalha do Rio Grande do Norte, etc.

Obs: Essas falanges correspondem as formas de atuação dos Baianos da Umbanda, não as falanges de Malandros e Malandras.

Espero que vocês tenham gostado ! 

Salve Maria Navalha ! É da Bahia meu pai !
Salve a Baiana Maria Navalha !
onselectstart='return false'