Seguidores

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Ponto Cantado de Malandra


Não sei se vem lá de cima,
 Muito menos se vem lá de baixo ,
Quando chega no terreiro,
Chega sambando com chapéu de lado
 É mulher de Zé Pelintra,
 O Zé Pelintra é marido dela,
 Mais cuidado malandragem,
 Ninguém aqui conhece ela,
Quando chega no terreiro,
 Para a caridade prestar,
 Ela é mulher de lei e mau nenhum vai entrar.
 Ela trouxe sua falange para aqui a ajudar,
 Firma ponto meu Ogan,
 Que a Malandra vai chegar,
 Firma ponto meu Ogan que a Malandra vai chegar!

Salve Todas as Malandras da Nossa Umbanda !
onselectstart='return false'