Seguidores

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Carnaval e a Malandragem !


Olá, queridos seguidores, do prezado blog Malandros e Malandras, depois de um certo tempo, estou podendo postar, somente agora, devido alguns compromissos, e também problemas de saúde, tenho uma tendinite crônica, que por diversas vezes, me impede, ou dificulta, minha vontade de digitar, sempre, cada vez mais, e rápido, sempre querendo atualizar e deixar tudo bem pesquisado, para vocês.

Minha Postagem de hoje, é sobre o carnaval, ilustrando nossa postagem, coloquei, uma imagem, até um pouco antiga, do acervo do boêmios da Lapa.

O carnaval, é a época dos festejos, é a época de fantasias, é viver e não ter a vergonha de ser feliz, é a hora que o povo vai para as ruas, festejar, comemorar, beber, namorar, pular, dançar e se liberta de muitos problemas.

Carnaval é brincadeira, é farra, é a uma verdadeira manifestação cultural, é o povo, o suor, é a alegria do brasileiro, e olha que cada um, comemora ao seu jeito, o povo pernambucano, como não, usa aos arredores da bela Recife, com um jeito que o nordestino cativa, e a Bahia, aqueles é que gostam, é muita festa, muita beleza, um Swing muito bom, a barraondina é tomada pelos foliões e sua vitalidade de brincar o carnaval, festa profana, mas não posso deixar de citar, meu Rio de Janeiro, cidade maravilhosa, berço do samba, é que ginga as cadeiras e não para nesses 5 dias, é muita música, muita batucada, desde seus blocos tradicionais, até seus desfiles oficiais.

Mas o que isso tudo, tem a ver com a Malandragem ?

TUDO !!!

O Malandro, é a entidade, que por tempos, esteve presente, nessa folia, conquistou muitas mulheres, as inundou com simpatia, perdeu-se em rabos de saia, e donas malandras, apaixonaram-se,e sofreram com os pernas de calça, carnaval, é tempo de paixões, beijos e ilusões, são amores que não passam da quarta feira de cinzas, são amores de fevereiro, amores que valem o mundo inteiro.

Porém no período de carnaval, onde estarão nossos amigos espirituais?

Questionada, quanto a isto, fui pesquisar com quem sabe, os mestres e mestras, eis que a resposta, que tive, foi a seguinte:

Entidades da Direita, por condição de evolução superior, ficam em planos superiores, administrando e cuidando de espíritos, que ficam debilitados, nesse período, que é turbulento, devido existir, muitas manifestações maléficas, e espíritos zombeteiros, e tem além, exemplo:

Nossos amigos caboclos, localizam-se, no plano Juremá, lugar consagrado aos mesmos, quando não estão direcionados a trabalhos espirituais e missões .

Entre outros, já nossos amigos exus, pombagiras, malandros e malandras, ou seja o povo da esquerda, também chamado povo de rua, atuam como guardiões, com mais atividades, ainda neste período, existem firmezas, em terreiros, para o terreiro, os médiuns e fiéis ( assistência) sejam protegidos, no período de carnaval, já que a dura realidade, traduz, que sim, vários espíritos de várias classes, se encontram soltos, digo soltos, por ser um termo chulo, porem preciso, a esta situação, os espíritos baixos, procuram aproveitar-se,mais ainda dos encarnados, sugando-lhe, não só energia vital, mas ainda, energias propicias, a sua condição, são alcoólatras, drogados, miasmas, que tem alta complexidade, e fogem dos planos inferiores, e querem acabar com a festa, da matéria, sem nem a mesma perceber, que esteja sendo utilizada, e encaminhada, para os maus espíritos.

Por isso, filhos de umbanda, devotos de malandros e malandras, peço-lhes, muita cautela, carnaval é época boa sim, mas olhe para o lado, e observe, orai e vigiai, não utilizem jamais as guias ( fios de conta), de trabalho do terreiro, nessa época, bebam, mas preocupem -se , com seu estado, seu físico, emocional, social, tudo pode acabar, após a primeira golada.Então se beber não dirija, não é clichê, é só conselho.Em relação ao sexo, camisinha e cuidado com aqueles que não vos conhece, a doença permeia e destrói vidas num carnaval apenas.

Antes de sair, para brincar o carnaval, orem e peçam aos protetores malandros e malandras, que nada de mal, lhe aconteça, que não tenha confusão por onde você passar, que nenhum mal lhe atinja, seu zé a de lhe proteger.

Aos que gostam da data, um Bom Carnaval !

Aos que não, um bom retiro.

Saravá a todos os Malandros e Malandras.

Acosta Mestres.

onselectstart='return false'